Prefeito descobre irregularidade e demite servidores efetivos ligados a prática de baixa indevida de IPTU

O prefeito de Palmas, Carlos Amastha, assinou na manhã desta terça-feira, 16, a demissão de dois servidores e a cassação da aposentadoria de outra servidora de carreira da Prefeitura de Palmas, devido à participação na prática de baixa indevida de IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano) de diversos contribuintes, ocasionando assim prejuízo ao erário público. A sanção administrativa foi embasada na conclusão dos Processos Administrativos Disciplinares (PAD), iniciados na gestão anterior e que comprovaram a participação dos funcionários na prática ilícita.

Esta entrada foi publicada em Sem categoria. ligação permanente.